terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Workshop sobre o Plano Estratégico de Turismo do Concelho de Sesimbra

No passado sábado, dia 30 de Janeiro, estive presente na Workshop sobre o Plano Estratégico de Turismo do Concelho de Sesimbra.
Numa sala onde estavam representantes da CMS, da empresa Augusto Mateus & Associados, empresários locais e particulares, foram dadas várias sugestões, entre as quais:
-A aposta na formação e recuperação de actividades tradicionais do concelho, como por exemplo a pesca e a pedra (Canteiros);
-A importância das alterações climáticas;
-A Preservação da Mata de Sesimbra como factor “impeditivo” da expansão urbana da zona Sul;
-A defesa de um turismo assente na história, natureza e actividades tradicionais e não um turismo de massas;
-O estabelecimento de sinergias com concelhos limítrofes, como por exemplo a recuperação da Rota dos 3 Castelos;
-A aposta em marcas próprias, como a marca Meco;
-Evitar o surgimento de grandes superfícies que descaracterizam a terra e anulam o comércio local;
-Encontrar uma outra forma de financiamento da CMS sem ser maioritariamente a construção;
-“Aproximar o Porto de pesca” do núcleo da vila de forma a estimular, as pessoas que procuram Sesimbra para a realização de outras actividades como o mergulho, a procura do comércio local;
-A aposta numa divulgação selectiva do Turismo;
-A criação de ciclovias;
-A requalificação do património;
-Os acessos como factor crítico.
Numa sessão interessante, penso que havia espaço para mais alguns intervenientes. Não deixe os outros decidirem por si. Participe!

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns Argentina, gostei muito do debate de hoje. Acho que esteve muito bem, apresentou propostas concretas. Continue com as suas convicções.