sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Freguesia do Castelo pode candidatar-se ao PRODER




A Freguesia do Castelo, cuja classificação tinha deixado de ser rural, voltou a ter, pelas suas características e pelo trabalho da ADREPES - Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal, a possibilidade de se candidatar ao PRODER, conforme comunicado de imprensa da ADREPES.


ADREPES vê aprovada candidatura ao EIXO 3 do PRODER
Península de Setúbal assegura mais de 12 milhões de euros para o Desenvolvimento Rural

A ADREPES viu aprovada a candidatura apresentada à gestão do Eixo 3 do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente destinado à Qualidade de vida nas zonas rurais e diversificação da economia Rural
Os investimentos poderão atingir mais de 12 milhões de euros até 2015, contando com uma comparticipação pública de cerca de 6 milhões.
Os apoios destinam-se à diversificação da economia e criação de emprego e à melhoria da qualidade vida das populações rurais ...


A estratégia da ADREPES para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal alcançou a classificação mais elevada a nível nacional
A zona de Intervenção que pode usufruir dos apoios agora conseguidos corresponde ao seguinte território:
· Todo o concelho de Alcochete.
· No concelho de Montijo, as freguesias de Sarilhos Grandes, Alto Estanqueiro-Jardia, Pegões, Sto Isidro de Pegões e Canha.
·No concelho da Moita: As freguesias de Gaio-Rosário e Sarilhos Pequenos
·No concelho de Setúbal: As Freguesias de S. Lourenço, S. Simão, Nª Sr.ª da Anunciada (com excepção do núcleo Urbano), Sado e Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra.
·No concelho de Palmela: As freguesias de Palmela, Quinta do Anjo, Pinhal Novo (com excepção do núcleo urbano), Poceirão e Marateca.
·No concelho de Sesimbra, a freguesia do Castelo

Nenhum comentário: