segunda-feira, 30 de novembro de 2009

A ver vamos!

Com a tomada de posse dos órgãos autárquicos mantém-se a expectativa relativamente aos próximos 4 anos.
A distribuição dos pelouros da Câmara Municipal não deixa grande margem para dúvidas, os pelouros de maior visibilidade continuam a estar nas mãos da equipa da CDU, nomeadamente dos mais experientes nestas andanças.
A não-aceitação dos pelouros pelo PS deixa aberto o caminho à realização de uma oposição sem preocupação de ferir susceptibilidades, assim se entendam dentro do próprio PS. Vamos ver se sem pelouro o PS tem capacidade para apresentar propostas e se as mesmas serão viabilizadas.
O exercício do cargo de vereador em regime de permanência pelo PSD pode transformar-se num rebuçado envenenado, arrastando-o para um partido sombra da CDU. Compete ao PSD não deixar que isso aconteça, dando visibilidade ao seu trabalho e fazendo uma oposição forte e construtiva. Esperemos pelas cenas dos próximos episódios.
Quanto às juntas de freguesia, as “negociações” realizadas ditaram diferentes representatividades nos executivos. Os membros do executivo da Junta de Freguesia do Castelo são todos CDU, prevalecendo a maioria absoluta saída das eleições, ao contrário do que foi seguido no último mandato e na CMS no presente mandato. Enquanto que Santiago e Quinta do Conde apostaram na permanência de um membro fora da CDU, para mais uma vez se evocar a pluralidade de opiniões.
A Assembleia Municipal, pelas suas características, é o único órgão que tem os representantes de todas as forças que concorreram às eleições (CDU, PS, PSD, BE, CDS-PP e AMCS), permitindo transformar o voto expresso nas urnas em voz activa, pelo menos assim se espera. Pois, muitos foram aqueles que ficaram calados nos últimos 4 anos sofrendo de crises de garganta ou de esquecimento.
A ver vamos o que nos espera estes 4 anos!
Argentina Marques, in Jornal de Sesimbra, Novembro 2009

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Pedra de Mua

Na sequência da candidatura ibérica a património mundial da UNESCO, até dia 15 de Novembro estará em Portugal uma equipa de auditores a avaliar as três jazidas portuguesas que fazem parte da candidatura Icnitos de Dinossáurios da Península Ibérica. Sendo que, uma destas jazidas é a nossa conhecida Pedra de Mua no Cabo Espichel.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

A minha Rua

Para os municípios aderentes, o Portal do Cidadão disponibiliza a todos os cidadãos um sistema interactivo para reporte de ocorrências nas suas ruas ou bairros denominado “A minha Rua”.

Aqui fica a sugestão para que brevemente o Município de Sesimbra adira a esta iniciativa.

Alcanena, Ansião, Arganil, Batalha, Borba, Évora, Lousã, Murça, Oeiras, Ovar, Pombal e Portalegre são as Câmaras Municipais para já abrangidas.

http://www.portaldocidadao.pt/PORTAL/aminharua/situationReport.aspx